Entrevista

  • Carla Villamaina Centeno

Resumo

Mas a realidade que está posta, hoje, é bem diferente daquela dos anos 1980 e 1990, na qual começamos a atuar. Hoje, nossos alunos (até mesmo os da Pós-graduação) estão às voltas com muitas atividades, tem subem pregos ou estão desempregados. De qualquer maneira, há também mais facilidade para acessar conteúdos, há possibilidade de maior número de Bolsas, há mais

mobilidade. Quando éramos acadêmicos, lutá vamos muito para que nossas condições melhorassem. Fiz meu Doutorado viajando em condições bem difíceis. Precisa ter persistência, precisa “brigar” mesmo, quando se é apaixonado por alguma coisa, não é? Precisa ir até o fim e começar de novo e de novo:fazer o movimento da história, certo? O tal movimento dialético...

Publicado
2022-02-16