História e Cinema: A Margem como Resistência no Filme de Ozualdo Candeias*

  • Edinei Pereira da Silva

Resumo

O presente artigo tem como escopo trazer o cinema e a cidade como partes constituintes dos estudos historiográficos, assim como tratá-los sob a luz da História Cultural. O filme A Margem (1967), do
cineasta Ozualdo Candeias nos possibilita fazer algumas conjecturas, mediante análises acerca dos fatos e das tensões políticas em uma São Paulo pujante e, concomitantemente, paradoxal. Com isso, trazer
para a superfície dos acontecimentos os sujeitos marginalizados é fazer, nos moldes benjaminianos, uma leitura a contrapelo dos fatos. Nesse sentido, ter o filme como um documento passível de leitura é
conduzir um estudo norteado pelo fio condutor das minucias dos acontecimentos, o que nos possibilita compreender dada conjuntura por meio das práticas sociais ali existentes.
Palavras-chave: cinema, cidade, história cultural, margem, política.

Abstract
This article has as scope bring the cinema and the city as a constituent part of historiographical studies, as well as treating them in the light of cultural history. Movie A Margem (1967), of the filmmaker Ozualdo Candeias allows us to make some conjectures, by analyzing the facts and political tensions in São Paulo and concomitantly paradoxical. However, to bring marginalized subjects to the surface of events is to make, in benjaminian fashion, a counter-reading of the facts. In this sense, to have the film as a readable document is to conduct a study guided by the guiding thread of the minutiae of events, which enables us to understand a given conjuncture through the social practices existing there.
Keywords: cinema, city, cultural history, margin, politics.

Publicado
2019-11-05
Como Citar
DA SILVA, Edinei Pereira. História e Cinema: A Margem como Resistência no Filme de Ozualdo Candeias*. REVISTA PLURI, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 105-118, nov. 2019. ISSN 2596-1098. Disponível em: <http://revistapluri.cruzeirodosulvirtual.com.br/index.php/pluri/article/view/95>. Acesso em: 14 abr. 2021. doi: https://doi.org/10.26843/rpv122019p105-118.